Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Confira todas as fotos do Jornalisando neste evento em nossa Fanpage: www.facebook.com/sitejornalisando

Por Edinei Dantas


O Batalhão de Operações Policiais Especiais - BOPE - iniciou na manhã desta segunda-feira, (14), o curso de capacitação de seus policiais para atuação contra o uso de explosivos. Na abertura do curso, no auditório da Procuradoria Geral do Estado (PGE), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, o tenente coronel Décio Leão, da Polícia Militar de São Paulo (PMESP), criador da doutrina aplicada no Brasil, especialista em explosivos e com missões na Organização das Nações Unidas (ONU), falou na necessidade em se ter um grupamento especializado em explosivos.

“Com a tecnologia mal utilizada, a todo tempo surgem explosivos mais sofisticados para uso no crime e nossos policiais precisam ser peritos do assunto. Neste curso eles vão aprender detalhes de construção de bombas, processos de iniciação e desmontagem. Mostraremos também as novidades permitidas pela tecnologia, além das formas como agem ou poderão agir os criminosos que utilizam explosivos”, explicou.



Inédito na Bahia, o curso vai capacitar 18 oficiais e praças e terá carga de 300 horas/aula, envolvendo aulas de agentes químicos, biológico, radiológico e nuclear, inclusive com aulas na Companhia de Defesa Químico Radiológico e Nuclear do Exército Brasileiro, em Goiânia. Além dos 13 policiais militares da PMBA, o curso contará com cinco alunos dos estados de Sergipe, Alagoas, Pará, Paraíba e Rondônia.



O comandante da PMBa, coronel Anselmo Brandão, é apoiador da iniciativa. “Louvo a preocupação dos comandantes em aperfeiçoar nossos homens. Espero que iniciativas como estas sejam seguidas de muitas outras, preparando nossos policiais para os enfrentamentos diversos”, salientou ele.

Após a palestra houve exposição dos equipamentos do BOPE e do grupamento de antiexplosivos. “Estamos bem equipados e agora preparando ainda mais nossa tropa. Queremos perícia e inteligência nas ações policiais”, acrescentou o comandante do BOPE, coronel Coutinho.


As aulas vão ocorrer de segunda a sexta até o dia 6 de novembro, com práticas em alguns finais de semana, no BOPE e em unidades especializadas de outros estados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]