Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

O governador Rui Costa confirmou, nesta quinta-feira (29), que a Bahia não vai adotar o horário de verão em 2016. Em nota, o governo explica que "tomou a decisão como base na opinião da maioria da população do estado, que é contrária à mudança". A última vez que o estado aderiu à mudança no horário foi em 2011, depois de oito anos sem participar.
Rui Costa afirmou que recebeu muitas demandas de setores da indústria e hoteleiro, mas que tomou a decisão para preservar a rotina da população. “Não faz nenhum sentido um governador ir contra a opinião de 80% de seu povo que não quer mudança de horário”, enfatizou Rui.
A Bahia aderiu ao horário no governo João Durval em 1985 e só deixou de participar em 2003, quando o então governador Paulo Souto (DEM) realizou uma pesquisa que revelou que 57% da população era contra adiantar o relógio. O estado ficou de fora do horário por oito anos, mas em 2011, Jaques Wagner (PT) realizou outra pesquisa e anunciou que o estado iria voltar a aderir.
O horário de verão este ano começa em 16 de outubro e vai até 19 fevereiro de 2017. O objetivo da mudança é poupar energia. A mudança nos relógios acontece nos estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com Norte e Nordeste ficando de fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]