Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]




A FAMÍLIA CPR CHAPADA DISCUTE DURANTE ESSA SEMANA A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA EM NOSSA SOCIEDADE!

A formação familiar como fator de redução e combate à Violência Apesar de toda a evolução tecnológica, da ascendente globalização e da virtualização das relações humanas, mais do que nunca, a sociedade está carente de “práticas do passado”. Precisamos cultuar o respeito aos mais velhos, o hábito de estarem todos juntos à mesa no horário das refeições, a observância aos limites dos direitos do outro para que possamos exercer os nossos, a fiscalização aproximada e constante da vida pessoal e escolar dos filhos, bem como o controle e triagem das companhias e locais por onde eles devem trilhar seus caminhos, enfim, renascer o conceito basilar de núcleo familiar, solidificando seus conceitos morais, éticos e comportamentais.

Informações e influências seguem em sentido contrário às boas normas de conduta, se alastram de forma viral nas redes virtuais, afetando a formação do jovem, o qual também se amolda ao meio em que vive, o que pode ser uma experiência bastante marcante, cruel e violenta. A ausência de políticas públicas (saneamento básico, saúde, educação e segurança) aliada à má distribuição de renda, dentre outros, são fatores que interferem na sociedade, tornando-a ainda mais violenta, onde crimes banais, motivados por questões vis e fúteis, são cada vez mais comuns. Imaginar as polícias como únicos e eficazes meios para banir a violência no âmbito de nossa sociedade é um conceito inútil, inapropriado.

As mudanças capazes de interferirem na mudança do atual quadro de violência social devem partir de cada indivíduo para o todo, passando pelo seio da família. É essencial que a prática dos ensinamentos familiares se mostre como rotineira, possível, ainda que vá de encontro a todo o dito “progresso tecnológico”. Caso a família desista de existir, nos seus conceitos mais primitivos, certamente teremos uma sociedade muito pior, com poucas perspectivas de cura.

Major PM Neildo Bezerra de Freitas Filho, 46 anos, ingressou na PM em 1989, graduado em Pedagogia pela UNEB, pós-graduado em Gestão de Segurança Pública/UFBA, atualmente exerce suas atividades na Chefia do Núcleo de Gestão Administrativa e Financeira - NUGAF do CPR-Chp.

Curtam!
Compartilhem!
Amanhã esperamos vocês novamente!
CPR Chapada "A trilha Segura da Comunidade na Corrente do Bem"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]