Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

A estátua do escritor Jorge Amado em Itabuna, no sul baiano, foi depredada - vários tiros foram disparados contra a imagem, que foi feita em comemoração ao centenário do autor, pelo escultor Lavrud Durval. O caso aconteceu no final de dezembro, segundo o artista.

"Falaram para mim que pessoas que passaram na via, que é uma BR, começaram a jogar pedras e atirar em direção à obra. A vizinhança ficou assustada", conta Durval. A imagem de dois metros, feita em resina bronzinada, fica em um pedestal de três metros.

Os tiros fizeram pelo menos seis buracos na estátua, que fica às margens da BR-415,no acesso ao bairro de Ferradas - onde Jorge Amado nasceu, quando o local ainda era um distrito de Itabuna. A estátua foi inaugurada em agosto.

"Fico um pouco decepcionado, a gente sente um pouquinho porque é cultura. Jorge Amado é o coração da Bahia. Eu não entendo o motivo, fico tão revoltado. Já aconteceu aqui, em Salvador e soube que na de Ilhéus também", diz Durval. "Realmente a gente não pode fazer nada, só restaurar, estou aguardando a prefeitura entrar em contato comigo para isso. A estátua já é um patrimônio cultural", diz Durval.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]