Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]


Uma oferta de 600 vagas e salários que vão de R$ 1.558 até R$ 9.115. Essas são vantagens do concurso para investigador (400 vagas), escrivão (100 vagas) e delegado (100 vagas) da Polícia Civil da Bahia, cuja primeira prova acontece no próximo dia 7 de abril. As inscrições serão abertas a partir de amanhã - ou seja, é hora de intensificar o ritmo dos estudos para sair na frente.
Esse concurso traz uma novidade: os candidatos a investigador e escrivão devem ter nível superior. O diretor de Recursos Humanos da Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), Robison Carvalho, explica que  essa foi uma decisão da Secretaria de Segurança Pública, mas que irá elevar o nível dos concursados e diminuir um pouco a quantidade de candidatos. A expectativa é que sejam 13 mil concorrentes para as vagas de investigador e escrivão e 5 mil para as vagas de delegado.
*Inscrições*
As inscrições para o concurso, realizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), seguem até o dia 19 de fevereiro, e devem ser feitas no link do Cespe, disponibilizado no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br
).
O valor da taxa de inscrição para o cargo de delegado é de R$ 150 e de R$ 120 para os cargos de escrivão e investigador. Para concorrer a uma vaga de delegado, o candidato deve ser diplomado em Bacharel em Direito. No caso de escrivão ou investigador, é preciso ter diploma de nível superior em qualquer área. Dos candidatos a investigador é exigida também a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), no mínimo na categoria B.
*Provas *
O concurso será dividido em quatro etapas. A primeira delas, composta pelas provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório, será realizada em Salvador e nos municípios de Barreiras, Itabuna, Juazeiro e Vitória da Conquista.
O edital prevê mais três etapas eliminatórias: teste de aptidão física, exame biomédico e exame psicotécnico, além da avaliação de títulos, de caráter classificatório, também sob a responsabilidade do Cespe. Haverá ainda a investigação social e da conduta pessoal do candidato, que também tem caráter eliminatório e será feita pela Civil e pela Saeb.

Bem preparado para a parte física, Fábio Silva de Carvalho Abreu, formado em Educação Física, acredita que o teste de aptidão está fácil para quem não está sedentário. Sem entregar as fontes, ele conta que é possível que os salários fiquem ainda maiores porque o servidor já entra com o nível de formação mais avançado. 

Nos estudos, ele está mais voltado para matérias de Direito, além de Português e Informática. Abreu irá aproveitar a irmã, que é advogada, para ajudá-lo. "A estabilidade do setor público enche os olhos de qualquer candidato", diz.

Para o responsável técnico da Triação Assessoria Esportiva, Diogo Andrade, os candidatos que não estão preparados como Abreu devem começar os treinos. "Uma falha grande é que as pessoas só se preparam teoricamente. Mas o teste de aptidão física é eliminatório", lembra.

Andrade pontua que, para quem não está se exercitando, os testes não são fáceis, e aconselha o candidato a procurar um profissional da área de educação física. Para ele, em média, em quatro a oito semanas a pessoa estará bem preparada.

*Vocação *
O delegado da Polícia Civil, João Ricardo Gomes Barbosa, passou no concurso de 2001 e dá uma dica para quem está pensando em se candidatar: tem que ter o perfil adequado para a tarefa e tem que encarar como um sacerdócio. "Tem que lembrar dos perigos da profissão, lidar com os medos e ter equilíbrio emocional", pondera. 

O delegado ainda lembra que não foram especificadas as cidades para as quais os classificados podem ser direcionados. Porém, o interior do estado é onde mais se precisa de pessoal.  
*Oficial da PM-Ba: data para exames sai este semana*
Sem especificar a data, a assessoria de comunicação da Polícia Militar do Estado da Bahia (PM-BA) prometeu para essa semana a publicação da data da etapa de exames de pré-admissão. Nessa parte do processo serão feitos os exames psicológicos, médicos e o teste de aptidão física dos candidatos selecionados nas provas teóricas.
Na última quarta-feira, o Comando-Geral da PM-BA republicou o gabarito da prova de noções de Direito do concurso, seguindo a recomendação do Ministério Público estadual (MPE-BA). Com essa correção, o resultado da primeira etapa de seleção foi alterado e uma nova lista foi publicada e pode ser  consultada no site www.consultec.com.br.

O problema foi que o gabarito de uma das questões da prova, aplicada no dia 25 de novembro de 2012, foi publicado erroneamente. O Ministério Público estadual argumentou que o equívoco poderia causar prejuízos aos candidatos.
Por isso, o MP encaminhou recomendação ao Comando-Geral, que adiou as próximas fases do concurso. Para o MPE-BA, a resposta errada foi mantida pela empresa que realizou as provas, mesmo após alguns candidatos entrarem com recuirso pedindo correção. O concurso não foi anulado. 

*Veja onde se preparar*
*Curso Ímpar*:  Para investigador ou escrivão aos sábados, domingos e feriados, das 8 às 12h e das 14h às 18h, com quatro disciplinas de Direito. Uma prestação de R$ 580 ou duas de R$ 320. Matrículas: Rua Conselheiro Pedro Luiz, nº 92 - Rio Vermelho. Telefone: (71) 3330-9300.

*Curso Juspodivm: * Para investigador ou escrivão, em três turnos. Aulas a partir de hoje. Três vezes de R$ 300, com 20% de desconto para novos alunos. O curso para delegado da Polícia Civil ocorre nos três turnos. Três vezes R$ 380, com 20% de desconto para novos alunos. Matrículas: Rua Rodrigues Dórea, nº163, Jardim Armação. Contato: (71) 3372-2000.

*Casa dos Concursos:* Curso de Revisão - Resolução de questões CESPE. De 30/03 até 05/04. Uma de R$ 250, ou duas vezes de R$ 125. Matéria isolada: R$ 40. Matrículas: Rua Amazonas, 597, Tel: (71) 3344-7400 - Pituba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]