Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

A APPM-BA está acompanhando os fatos.

Por Edinei Dantas

Na última sexta-feira, dia 22 de Fevereiro, diretores da Associação de Praças da Polícia Militar do Estado da Bahia - APPM-BA -participaram da Parada Geral com as tropas da 81ª CIPM/Itinga e Base Comunitária da mesma localidade. Na oportunidade os representantes da associação tomaram conhecimento do episódio em que duas guarnições teriam tido seus armários revistados devido a um mandado de busca e apreensão solicitado pela Corregedoria da PMBA.

Ao saber do ocorrido os representantes da Tropa através da APPM-BA, o vice-presidente Roque Santos, o diretor jurídico Adroaldo Alves, o presidente do conselho fiscal Antonio Jorge, além do diretor comercial Reinaldo Brito, juntamente com o advogado Abdias Amâncio se dirigiram para a corregedoria a fim de ouvir a outra parte da história.

De acordo o Coronel Marconi, coordenador geral da Corregedoria da PMBA e o corregedor adjunto Tenente Coronel Souza Neto todas as ações estão sendo feitas dentro da legalidade. "Todas as denúncias que chegam a essa corregedoria são apuradas de forma isenta e designamos guarnições orientadas a tratar os supostos envolvidos com cordialidade e respeito", salientou o Cel Marconi.

APPM-BA se compromete a acompanhar de perto o desfecho das apurações, com certeza de que tudo ocorrerá atendendo aos princípios básicos da PMBA, e que os envolvidos não serão injustiçados. “Não concordamos com qualquer ato de desrespeito a policiais militares, acrescentou o Cabo Roque Santos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]