Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]


Sem apresentar o mesmo futebol das rodadas anteriores, o Bahia decepcionou seu torcedor na noite desta quinta-feira ao perder para o Ceará, por 2 x 1, dentro do Pituaçu, pela quarta rodada da Copa do Nordeste. E mesmo com este resultado, o tricolor permaneceu na primeira posição do grupo A, mantendo os sete pontos na tabela de classificação. No próximo domingo, o tricolor vai encarar o ABC, dentro de casa novamente, às 18h30 (horário da Bahia).

Em jogo fraco na etapa inicial, Ceará abre o placar com golaço
Derrotado na última partida entre as duas equipes no Castelão no final de semana, o Ceará partiu com tudo para cima do tricolor e logo aos seis minutos criou sua primeira chance. Ricardinho trocou passes com Vicente e cruzou na área para Pingo, que desperdiçou a oportunidade de abrir o marcador.
 
Melhor em campo taticamente e pressionando os donos da casa, o alvinegro cearense tirou o zero do placar aos 15, em grande estilo. Ricardinho recebeu bom passe na intermediária e soltou a bomba, para acertar o ângulo do goleiro Marcelo Lomba, que nada conseguiu fazer para evitar o gol dos visitantes. 
 
Em sua maior especialidade, de cabeça, o volante Fahel quase empatou o duelo aos 26. Após cobrança de escanteio, o jogador tricolor apareceu de surpresa e testou firme, exigindo uma grande defesa de Fernando Henrique. Um minuto antes, Neto havia chutado de longe para a boa defesa do arqueiro cearense.
 
Buscando o empate, a equipe mandante tentou novamente por cima para surpreender o alvinegro, mas não conseguiu. Aos 32, a bola foi cruzada na cabeça de Souza, contudo, Fernando Henrique conseguiu interceptar no momento em que o atacante tricolor se preparava para testar no fundo das redes cearenses.

Ceará amplia e derrota tricolor no Pituaçu
Mesmo errando muitos passes, o tricolor teve dificuldades para chegar ao sistema defensivo cearense, mas aos dez minutos da etapa final, o time baiano teve a chance de marcar o primeiro gol. Anderson Talisca tocou bonito para Neto. O lateral tentou encontrar Souza, sem sucesso.
 
Dois minutos depois deste lance, o tricolor colocou a bola no fundo das redes, mas o auxiliar anulou o gol. Isso porque, o jovem Ryder, autor da jogada, estava impedido, o que irritou bastante a torcida presente no Pituaçu.
 
  E depois de crescer no jogo, os comandados do técnico Jorginho chegaram com perigo mais uma vez aos 15. Talisca resolveu arriscar de longe, tirando tinta da trave de Fernando Henrique, que só ficou olhando.
 
Aos 25, o Ceará deu o troco no tricolor, e em grande estilo mais uma vez. Depois de cobrança de escanteio de Ricardinho, o volante Régis subiu sozinho e testou firme, sem chances para Marcelo Lomba, fazendo a festa da torcida alvinegra. 
 
Precisando buscar pelo menos o empate, o tricolor partiu com tudo e diminuiu o marcador aos 31. Depois da boa jogada de Jussandro, a bola caiu nos pés de Talisca, que tocou para o camisa 9 empurrar para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA
Copa do Nordeste
Bahia 1 x 2 Ceará
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 31/01/2013
Árbitro: Nilson Nogueiras Dias (PE)
Auxiliares: Ela Vieira de Souza e Clóvis Amara da Silva (PE)
Público pagante: 7.625
Renda: R$ 83.755

Bahia: Marcelo Lomba; Neto, Brinner, Tite e Jussandro; Diones, Fahel, Kléberson (Ítalo Melo) e Jefferson (Anderson Talisca); Souza e Ryder (Thuram). Técnico: Jorginho.

Ceará: Fernando Henrique; Eric, Cleiton, Rafael Vaz e Vicente; Régis, João Marcos, Ricardinho (Fransérgio) e Valber (Geovane); Pingo (Cléo) e Magno Alves. Técnico: Ricardinho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]