Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]




 Por Edinei Dantas

Em meados do século passado o ex-governador da Bahia Octavio Mangabeira eternizou a frase, “pense num absurdo, na Bahia têm precedentes”. E até hoje, vira e mexe ela é confirmada em cada acontecimento. Em visita à Corregedoria da PMBA, na última sexta-feira, 22, os diretores da APPM-BA foram surpreendidos pelo coordenador geral da corregedoria, Cel Marconi, o mesmo nos informou que no carnaval um Policial Militar foi preso por uma guarnição da Guarda Municipal e conduzido para o Quartel do Comando Geral – QCG, por estar portando uma arma da corporação onde o mesmo tinha autorização, sendo assim a citada guarnição feriu o artigo 301 do código penal, que reza que, qualquer cidadão só pode ser preso por outro quando houver estado de flagrante. “Lamentamos o ocorrido, pois a corregedoria serve principalmente para defender o policial militar”, afirmou o Cel Marconi.

Imediatamente a APPM-Ba entrou em contato com o superintendente da Guarda Municipal, Cel Edson. O mesmo informou já está adotando providências e uma reunião com a diretoria da associação que representa a tropa foi agendada para esta sexta-feira dia 1º de março, às 10 horas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]