Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]


Guto Santos, jornalista DRT 7106

Às vezes pensamos em fazer um Turner pelo mundo, visitar outros países, comprar em dólar, ver a torre Eiffel, enfim: Somos NORDESTINOS, torcemos por times do sul e sudeste do país, valorizamos às vezes em demasiado o carnaval carioca, a imensidão da cidade de São Paulo, etc. etc. etc... Acho tudo isso importante, mais precisamos também valorizar o que é nosso o que prata da casa como nós mesmos costumamos dizer, aqui temos belas cidades, Salvador, Recife, Fortaleza, Aracajú e muitas outras até mesmo sem ser capital. Temos ainda: Praias, bosques, Cachoeiras, festas populares variando de cada região ou município que mostram a grandeza de uma região (Nordeste) cheia de atrações para o turismo.

Vejo sempre adesivos colados em veículos com a frase “ SOU NORDESTINO E NÃO DESSISTO NUNCA” fico feliz; mas quando faço uma análise do leio penso que estamos abdicando muito fácil do é nosso e valorizando muito (não que não temos que valorizar o que temos num todo) o que podemos ver depois, que podemos apreciar depois; temos uma região recheada de atrativos e porque não valorizar primeiro o é nosso, somos uma “nação” de um povo sofrido, as em muitos casos discriminados, onde benefícios oriundos do tesouro as vezes nos chegam como ponto de socorro, enquanto em outras localidades já não precisam mais, precisamos pensar mais no momento do voto, na escolha dos nossos representantes para que assim nos tornemos um povo mais assistido nos setores de educação, saúde, emprego, o que consequentemente nos proveria de melhor qualidade de vida, e aí sim! mais politizados e responsável pelo fortalecimento desse conjunto eclético de estados municípios que formam nossa Região Nordeste.

Rep. Guto Santos. DRT 7106

Anexo vista parcial da barragem da Pedra Jequie/Ba.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]