Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]


O pastor da Assembleia de Deus Raimundo Pereira, de 67 anos, foi preso nesta terça-feira (19), por manter sua madrasta, de 93 anos, em cárcere privado, em uma casa no bairro da Liberdade, em Salvador. De acordo com o policial Edson Gomes, do Pelotão de Emprego Tático Operacional da 37ª Companhia, foi preciso arrombar um cadeado para retirar Josefina Pereira, conhecida como Zefinha, da residência, localizada na Rua da Alegria, na Baixa do Curuzu. O policial relatou ainda que a idosa estava com as roupas sujas de fezes e bastante abalada. “Ele a maltratava, xingava. Cansei de tomar a frente para ele não bater nela”, acusou Ângela Silva, ex-cuidadora de Josefina. Detido ao chegar em casa, o pastor negou as acusações e disse que a madrasta “é muito violenta e bate em todos”. Informações do A Tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]