Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Um homem que traía a esposa com a empregada foi dedurado pelo animal de estimação quando ele menos esperava. A esposa já suspeitava do marido porque ele já não a tratava mais com carinho, o que serviu de reforço para a tese. De acordo com o 'iG', a desconfiança da mulher ficou  mais evidente depois que ela começou a escutar o papagaio reproduzir frases de amor. 

Ela chegou à conclusão que a empregada doméstica era a amante, pois ficava em casa com o marido enquanto ela ia para o trabalho. A polícia foi chamada e a esposa relatou o ocorrido, afirmando que desejava abrir um processo judicial contra o traidor e levaria a ave fofoqueira (como testemunha) para o tribunal.

A Justiça do Kuwait não aceitou a ave como testemunha do crime, alegando que as frases ouvidas pelo papagaio não provavam que foi o marido que as teria dito. O amante, portanto, não foi indiciado e não se sabe qual será o futuro do casal nem, em caso de divórcio, quem ficará com a guarda do papagaio linguarudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]