Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Curta e Compartilhe nossa Fanpage: facebook.com/sitejornalisando


Por Edinei Dantas

Deputado Federal e ainda cantor gospel Irmão Lázaro deu um show a parte no Clama Bahia 2015. Polêmico, ele agitou a massa, levou os irmãos à adoração e arrepiou os cabelos da produção do evento, revelando que, se não controlado, até o povo de Deus comete infrações dando risada como se nada de errado houvesse feito.

Durante sua apresentação, o ex-olodum parou de cantar algumas vezes para momentos de exortação. Primeiro ao perceber que a chamada área vip estava com muito espaço vazio, enquanto o público que pagou pista se aglomerava no espaço que adquiriu, insatisfeito, e chamando aquilo de acepção, mesmo depois de orientado por um preposto do Clama Bahia, Lázaro incentivou e rapidamente várias pessoas começaram a pular as grades para ocupar a área vip, que também dava acesso ao camarote, áreas com os ingressos mais caros do evento.  




Logo depois, o Irmão Lázaro se voltou para os críticos do cantor Thalles Roberto e suas polêmicas como a bíblia onde ele se destaca, e as recentes declarações criticando músicas do cantor Anderson Freire e de que deixaria o ramo evangélico porque os demais cantores gospel estariam abaixo dele. Lázaro alertou que o povo de Deus está muito raivoso e que o Senhor não orientou ninguém ao ataque, e sim ao auxílio. Após a apresentação, a equipe do Jornalisando entrevistou o cantor e Deputado Federal, que reafirmou a mensagem deixada no palco:


“Infelizmente existe uma doutrina equivocada em algumas igrejas, talvez até uma minoria, mas quem faz o errado normalmente se sobressai aos que agem corretamente. As vezes aparece dois pastores malucos pregando coisa doida e acabam generalizando. O que eu quis dizer é que Deus não autoriza ninguém a se vingar, sentir raiva, nem se levantar contra ninguém, muito menos fazer justiça em nome de Deus. Jesus nunca autorizou ninguém a levantar uma espada em favor dele. Muito pelo contrário. Ele diz que quem com a espada fere, com a espada será ferido. E coloquei o exemplo do Talles Roberto, e posso enumerar dezenas de exemplos de pessoas que tiveram problemas na caminhada e a maioria de nós age como se o erro tivesse acontecido em nossa casa. O cidadão trai a mulher e o crente se comporta como se tivesse sido com a mulher dele. O cidadão dá um tapa em alguém e o crente se comporta como se tivesse dado um tapa no filho dele. É muito ódio no povo de Deus. Um dia um cidadão me convidou pra participar de uma reunião pra Deus pesar a mão na vida de alguém, eu disse: minha religião não permite. (risos) Deus não precisa de defesa, ele tem todo o poder para fazer o que ele quiser. Eu me converti porque eu precisava da defesa de Deus e não para defender Ele. Se o cantor caiu, vamos ajudá-lo a levantar”, disse ele.

Entrevista do Jornalisando com Irmão Lázaro

#ClamaBahia - Jornalisando Entrevista Irmão Lázaro
Jornalisando Entrevista o Irmão Lázaro, cantor e deputado federal, que deu declarações polêmicas. Assista:“Infelizmente existe uma doutrina equivocada em algumas igrejas, talvez até uma minoria, mas quem faz o errado normalmente se sobressai aos que agem corretamente. As vezes aparece dois pastores malucos pregando coisa doida e acabam generalizando. O que eu quis dizer é que Deus não autoriza ninguém a se vingar, sentir raiva, nem se levantar contra ninguém, muito menos fazer justiça em nome de Deus. Jesus nunca autorizou ninguém a levantar uma espada em favor dele. Muito pelo contrário. Ele diz que quem com a espada fere, com a espada será ferido. E coloquei o exemplo do Talles Roberto, e posso enumerar dezenas de exemplos de pessoas que tiveram problemas na caminhada e a maioria de nós age como se o erro tivesse acontecido em nossa casa. O cidadão trai a mulher e o crente se comporta como se tivesse sido com a mulher dele. O cidadão dá um tapa em alguém e o crente se comporta como se tivesse dado um tapa no filho dele. É muito ódio no povo de Deus. Um dia um cidadão me convidou pra participar de uma reunião pra Deus pesar a mão na vida de alguém, eu disse: minha religião não permite. (risos) Deus não precisa de defesa, ele tem todo o poder para fazer o que ele quiser. Eu me converti porque eu precisava da defesa de Deus e não para defender Ele. Se o cantor caiu, vamos ajudá-lo a levantar”, disse ele.#FuiClicadopeloJornalisando #ClamaBahia #EliSoares #DiasMarcadosPelaGloriadeDeus - #LuzdoMundo #GloriadeDeus #ClamaBahia2015 #FestaDosCrentes #PostesuafotoCurta nossa fanpage e saiba mais: www.facebook.com/sitejornalisando
Posted by Jornalisando.com on Terça, 27 de outubro de 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]