Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Confira todas as Fotos do Jornalisando neste evento em nossa fanpage:

Por Edinei Dantas

Guerreiros preparados para não errar, esses são os explosivistas cuja missão não admite falha, pois esta normalmente leva à perda da vida. Com essas palavras o comandante geral da polícia militar da Bahia, coronel Anselmo Brandão, enalteceu os 18 formados na 1ª turma de técnicos explosivistas da PMBA, em cerimônia ocorrida na manhã desta terça-feira (10), no auditório do Parque Tecnológico, na Paralela. Com duração de 300 horas de instruções e oficinas com aulas teóricas e práticas, o curso realizado pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE) capacitou os PMs a conhecer, neutralizar e remover qualquer tipo de explosivo de baixa ou alta periculosidade, com agilidade e precisão durante as ocorrências que utilizam artefatos, agentes químicos e radiológicos. Entre os formados 13 são da Bahia, os outros são de Sergipe, Alagoas, Pará, Rondônia e Paraíba.

"Hoje formamos a primeira turma de policiais militares explosivistas na PMBA. Os integrantes deste curso entram para a história por serem os primeiros. Profissionais diferenciados pela escolha de uma missão de alta periculosidade, que não admite erros. Parabéns a todos pelo empenho e dedicação! Capacitar, treinar e buscar ser melhores é a praxe em qualquer profissão e imprescindível na nossa", salientou o coronel Anselmo Brandão.

A abertura da solenidade foi feita pelo subsecretário da segurança pública Ari Pereira, e o Comandante do BOPE, coronel Coutinho, falou da realização de um sonho e dos benefícios que para a Bahia.

“Um sonho gestado há três anos, unindo oficiais e praças especializados em explosivos em cursos no Brasil e em outros países. Estamos fortalecendo a doutrina em nossa instituição e tornando a PMBA um pólo exportador de especialista em explosivos. A Bahia passa a contar com 21 explosivistas para reforçar o combate aos crimes contra terminais de alto atendimento e inclusive nas olimpíadas de 2016, realizando varreduras em hotéis, praças desportivas, locais de treinamento, veículos, ônibus das delegações, garantindo a segurança de quem participar do maior evento desportivo do planeta”, comemorou do primeiro comandante do BOPE.


Durante a solenidade foram homenageados os primeiros colocados do curso, respectivamente o sargento Jackson Santos Nascimento com a média 9.06, e os soldados Ricardo Monteverde dos Santos e Murilo Brandão Santos ambos com média 8.89. Todos os formandos foram condecorados com a manicaca e o diploma entregues por familiares e amigos.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]