Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]


A partir das 9h, desta quarta-feira (11), atores, atrizes, dançarinos (as), circenses, técnicos de espetáculos e de cinema, demais profissionais do segmento artístico irão se concentrar em frente ao Teatro Castro Alves (TCA) para ato contra a Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 293, pleiteada pela Procuradoria Geral da República (PGR) e que será levada a votação no próximo dia 26 de abril, pela então ministra Carmem Lúcia – que hoje é a presidente do Tribunal.

A manifestação se deslocara em cortejo artístico a partir das 10h em direção a Câmara dos Vereadores, no Centro Histórico/Pelourinho. Apoiado pelo Sindicato dos Artistas e Técnicos, regional da Bahia (SATED-BA), o ato será uma manifestação artística e pacífica, definido em reunião ocorrida na última segunda-feira (09) com a presença de 80 artistas e técnicos.

Às 10h ocorrerá passeata em direção à Câmara do Vereadores, com chegada prevista para às 11h em frente ao Elevador Lacerda, no Centro Histórico, onde se fixarão durante uma hora performando com as mesmas ações ocorridas em frente ao TCA. O encerramento do ato está marcado para 12h.

Em reunião, ficou acordado que em três pontos do percurso - antes da saída do cortejo artístico no TCA; em frente à estátua de Castro Alves; e em frente à Câmara de Vereadores - todos cairão no chão desfalecidos. Um dos artistas se levantará e falará palavras de ordem e lerá um manifesto ou carta de fácil compreensão por parte dos populares presentes informando do movimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]