Foi no Sufoco, mas valeu pelos três pontos.


Por Edinei Dantas 





Todas assim! O Vitória manteve a tradição de deixar o torcedor com o coração na glote, mas desta vez o desfecho gerou alívio e muita alegria. O Rubro-negro baiano venceu um adversário chato que estava invicto, manteve sua invencibilidade e de quebra voltou para o G4


Os donos da casa começaram a primeira etapa trazendo as boas lembranças do jogo contra o Ceará, menos os gols. Dominou, criou, mas não acertou a meta. Assim como no jogo de quarta o Vitória deu espaço para o adversário do meio para o final da primeira etapa, mas conseguiu equilibrar.


No segundo tempo foi a equipe visitante quem se ousou no ataque, mas cometia os mesmos erros do Vitória. Até que aos 22 minutos o Leão foi presenteado com um pênalti, a bola bateu na mão no jogador paranista. Léo Ceará cobrou e fez o que viria a ser o gol da Vitória. 


Após abrir o marcador o Vitória deu uma melhorada e continuou criando, mas Pivetti resolveu recuar. Tirou Fernando Neto e colocou Jean e substituiu Léo Ceará por Jordy pra tentar um contra ataque. O Paraná alugou o campo de ataque, a zaga Rubro Negra bateu muita cabeça, mas a sorte estava do lado de cá hoje. Final Vitória 1x0 Paraná.


Com o resultado o Vitória assumiu a quarta colocação com 10 pontos, apenas três atrás do Cuiabá, que lidera a competição. Mas para permanecer vai secar o Operário-PR, que recebe o Brasil de Pelotas neste domingo, 30, a partir das 19 horas. É preciso torcer contra a Ponte Preta, que visita o Sampaio Corrêa logo mais às 21 horas. Além de secar o America-MG, que enfrenta o Cruzeiro logo mais às 19 horas.




Comentários

Postagens Mais Visitadas

[Pra Descontrair] DICIONÁRIO DE BAIANÊS (Se você vai à Bahia, é bom inteirar-se do significado destes termos que vai ouvir por lá) Divirta-se.

[Notícias Policiais] Mudanças no comando da Polícia Militar